Ex-governador Lavoisier Maia é sepultado na Grande Natal

 

O corpo do ex-governador Lavoisier Maia foi sepultado no início da tarde desta terça-feira (12). O sepultamento ocorreu em um cemitério no bairro de Emaús, em Parnamirim. Ele morreu nessa segunda-feira (11), aos 93 anos, vítima de uma infecção generalizada.

O velório do ex-líder do Executivo estadual foi na Catedral Metropolitana de Natal, no bairro de Cidade Alta. Uma missa de corpo presente foi celebrada pelo arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha. Após a celebração, o corpo de Lavoisier Maia foi levado em carro aberto pelo Corpo de Bombeiros.

No cemitério, o corpo foi recebido por uma salva de tiros da Polícia Militar e também pela banda de música da PM, recebendo todas as honrarias de um ex-governador. Próximo ao túmulo, familiares e amigos jogaram pétalas de rosas.

Além de governador, Lavô, como era conhecido, foi senador, deputado federal e deputado estadual. Ele tinha completado 93 anos no último sábado (09).

Homenagens

Dezenas de mensagens foram deixadas em homenagem ao ex-governador em uma plataforma on-line disponibilizada pelo cemitério. “Fica, para sempre, uma extensa e bela história de trabalho pelo Rio Grande do Norte. O governador Lavoisier Maia que liderou uma luta pelo bem comum, gostava de repetir: ‘Comparando é que o povo entende’. Ao comparar, a história vai lhe fazer justiça”, escreveu uma pessoa.

“Deus abençoe com muita luz e paz o cidadão que honrou sua gestão pelas obras e pela característica simples de ser! Admiração pela forma de conduzir a vida! Deus abençoe a família! A Márcia especialmente meu abraço fraterno, de bem!”, publicou outra.

O ex-senador José Agripino Maia, de quem Lavoisier era primo, relembrou a trajetória do companheiro político e destacou a saudade que será sentida. “Ele foi, acima de tudo, um homem competente, dedicado à administração, operoso e série. O Rio Grande do Norte deve muito a ele. Quero homenagear Lavoisier como homem público, cidadão e médico. Foi um exemplo para gerações”, comentou José Agripino, em vídeo.

E acrescentou: “Manifestando minha saudade, como potiguar, quero abraçar o meu querido Lavoisier Maia, pedindo a Deus que o receba e o guarde em paz”. 

As prefeituras de Natal e de Caicó, além do governo do estado, decretaram luto oficial de três dias. A Câmara Municipal de Natal, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern) e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) também se manifestaram em nota.

Comentários